Wamba

Wamba é um povoado pouco conhecido que chama a atenção não só pelo seu nome peculiar, mas também por albergar uma das igrejas mais sinistras da Espanha. Milhares de ossos e caveiras decoram o ossuário!

Wamba é o único povoado da Espanha que começa por W. O nome desta localidade de pouco mais de 300 habitantes tem origem no rei godo que governou estas terras no ano de 670. Hoje em dia, este povoado de Valladolid com raízes visigóticas e moçárabes guarda um tesouro tão único quanto aterrorizante.

Visitar o ossuário de Wamba

Sem dúvida que um dos templos mais curiosos do mundo é a igreja de Santa María de la O de Wamba. Ela é uma igreja de estilo moçárabe, o que já é bastante chamativo, mas também guarda uma capela de ossos!

Mais de duas mil almas descansam entre as paredes deste ossuário, que converteu Wamba em uma verdadeira atração de Valladolid. Crânios, tíbias e fémures encaixam na perfeição, cobrindo as paredes do habitáculo, como se de um puzzle macabro se tratasse.

Apesar da visão sombria das caveiras, esta é uma visita muito interessante que recomendamos vivamente.

Como chegar a Wamba saindo de Valladolid?

  • Carro: seguindo a estrada VA-514 você poderá chegar a Wamba saindo de Valladolid. É a opção mais cômoda e rápida, e você não terá problemas para estacionar em Wamba.

  • Ônibus: esta é a opção mais lenta. O trajeto de ônibus de Valladolid até Wamba dura cerca de 40 minutos e tem pouca frequência (duas ou três saídas diárias). Apesar de ser uma opção viável, não consideramos que seja a melhor.

  • Táxi: apesar de não ser uma opção que recomendamos para fazer este tipo de visitas próximas, a proximidade com Valladolid faz com que seja rentável ir a Wamba de táxi. O trajeto dura cerca de 20 minutos e o preço do trajeto custa à volta de 20 (US$23,50).